Logotipos de jogos e apostas poderão ser banidos das camisolas de futebol com enorme impacto na publicidade desportiva

Em breve, o futebol poderá ficar sem dinheiro de patrocínio de camisolas advindo de empresas de jogos e apostas.

Logotipos de jogos e apostas poderão ser banidos das camisolas de futebol com enorme impacto na publicidade desportiva “com snooker, dardos e boxe também prestes a ser atingidos” porque o governo está pronto para uma proibição geral semelhante aos anúncios de tabaco.

• Em breve, o futebol poderá ficar sem dinheiro de patrocínio de camisolas advindo de empresas de jogos e apostas.
• O governo está a ponderar a proibição geral de logotipos de apostas no desporto.
• Os clubes da Premier League seriam os mais atingidos, assim como dardos e snooker.

Os clubes de futebol poderão ser proibidos de usar logotipos de empresas de jogos e apostas nas suas camisolas como resultado de uma grande mudança na publicidade desportiva.

O Governo está a avaliar a possibilidade de uma proibição geral de patrocínios das empresas de jogos e apostas, de acordo com o Times, uma mudança que atingirá fortemente a Premier League e o Championship clubs. As equipas das duas principais divisões arrecadam cerca de 110 milhões de libras por ano com negócios que se prendem com camisolas.

Atualmente, oito equipas da primeira divisão, em 20, têm as suas camisolas patrocinadas por empresas de apostas – Burnley, Crystal Palace, Fulham, Leeds, Newcastle, Southampton, West Ham e Wolverhampton Wanderers.

O West Ham tem um contrato de 10 milhões de libras por ano com a Betway, o acordo do Leeds United com a SBOTOP vale 7,8 milhões de libras por temporada, enquanto o Newcastle recebe 7,5 milhões de libras por ano da Fun88. No Championship, 16 das 24 equipas tiveram parceiros de jogo e apostas na última temporada.

Desportos como snooker, dardos e boxe também sofrerão um golpe se a proibição recair em parcerias com empresas de jogos e apostas de grande destaque. Cada jogador no top 10 da Professional Darts Corporation’s tem um logotipo de aposta na sua camisola, acrescenta o relatório.

As autoridades desportivas foram advertidas sobre uma repressão está a caminho, com os ministros “cada vez mais preocupados” com o vício do jogo.

A possível decisão, que sinalizará a maior alteração na publicidade desportiva desde que a promoção do tabaco foi proibida, foi elogiada por parlamentares e ativistas receosos de que as estrelas do desporto sejam ‘outdoors ambulantes’ de empresas de jogo e apostas.

Matt Zarb-Cousin, diretor da Clean Up Gambling, disse: “Jogadores de futebol, dardos, snooker e rugby são como outdoors ambulantes de empresas de jogos e apostas.”

“As evidências mostram que este tipo de publicidade está impactar negativamente as crianças que crescem a pensar que é preciso fazer apostas para gostar de desportos.

Sir Iain Duncan Smith, uma figura sénior no all-party parliamentary group on gambling harm, disse que a repressão aos logotipos das camisolas é uma medida positiva, mas pediu ao governo que vá mais longe e afaste completamente este tipo de publicidade da indústria.

‘Banir logotipos de empresas de jogos e apostas em roupas desportivas será um passo bem vindo, mas dados os riscos apresentados pelo jogo, o governo precisará lidar com esta questão de forma mais ampla. A proibição total de publicidade de jogos e apostas está muito atrasada e deve ser antecipada na próxima revisão.

Uma fonte da Premier League disse ao The Times que a proibição viria “no pior momento possível”, com os clubes a lutar para salvar a receita da jornada durante o bloqueio do coronavírus.

“Isto acontece no pior momento possível para clubes de futebol e clubes desportivos em geral, que estão lutar pela sua base de receita durante a pandemia”, disse num documento. “A maioria dos clubes concorda com o princípio geral, mas o momento é errado.”

O Department for Digital, Culture, Media and Sport, que está a conduzir uma revisão do jogo, insiste que nenhuma decisão foi tomada sobre qualquer proibição.

“Estamos a realizar uma revisão abrangente das leis de jogos e apostas para garantir que sejam adequadas para a era digital. Estamos determinados a resolver o jogo problemático em todas as suas formas. Nenhuma decisão foi tomada.”

 

Observatório do Jogo Responsável – Portugal

Categories
GAMBLING NEWS (PT)Observatório NewsPortugal Gambling News (PT)

RG MAGAZINE Gambling and Social Responsibility
No Comment

RELATED BY