Jogo Duplo: jogador confirma que colegas do Oriental foram abordados para perder

Sérgio Duarte, agora no Leiria, avançou em audiência do processo Jogo Duplo de que soube por companheiros de equipa que havia a intenção de o Oriental perder por dois golos de diferença contra o Leixões

Sérgio Duarte, agora no Leiria, avançou em audiência do processo Jogo Duplo de que soube por companheiros de equipa que havia a intenção de o Oriental perder por dois golos de diferença contra o Leixões.

O processo Jogo Duplo, centrado na corrupção ativa e passiva em competição desportiva e apostas desportivas fraudulentas e referentes à época 2015/16 na II Liga, conheceu esta quinta-feira um novo capítulo. Sérgio Duarte declarou em audiência que alguns dos companheiros de equipa do Oriental lhe contaram de abordagens com vista à manipulação de resultados.

“Depois do jogo em casa com o Leixões [no qual a turma do Mar venceu por 1-0], o Fernando Andrade chegou a minha casa e disse-me que o Diego Tavares lhe tinha contado que existiam pessoas a abordar jogadores”, revelou por videoconferência a única testemunha da audiência da tarde, no Campus da Justiça, em Lisboa.

“O Diego desabafou com o Fernando porque estava nervoso. Presumo que tenha aceitado uma proposta em dinheiro e, não se concretizando o resultado que se queria, não saberia se teria de devolver o dinheiro”

Atualmente a jogar no Leiria, Sérgio detalhou a ansiedade de Diego Tavares, tendo em conta que a proposta de manipulação do jogo do Oriental frente ao Leixões pressupunha um diferencial de dois golos favorável aos de Matosinhos, algo que não se verificou.

“O Diego desabafou com o Fernando porque estava nervoso. Presumo que tenha aceitado uma proposta em dinheiro e, não se concretizando o resultado que se queria, não saberia se teria de devolver o dinheiro”, refere o jogador de 25 anos.

Duarte alegou que a proposta se estendeu a mais atletas do plantel do Oriental e, face à pergunta da procuradora, afiançou que a corrupção advinha de um “empresário estrangeiro” que colocara “uma grande quantia para combinar o resultado [pretendia-se favorável ao Leixões, mas por diferença de dois golos] para haver um montante muito superior”, ainda que diga que os contactos com os companheiros de equipa tinham sido feitos por um intermediário.

O processo Jogo Duplo conta com 27 arguidos – oito deles antigos futebolistas do Oriental -, sendo que destes três estão em prisão domiciliária e impedidos da prática desportiva.

A 10 de maio, prosseguem as audiências. Fernando Tavares, jogador do Santa Clara e hoje referido em tribunal, está notificado para comparecer à sessão.

Fonte: O Jogo

 

REDE DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

  

 

 

Categories
GAMBLING NEWS (PT)Match fixing (PT)

RG MAGAZINE Gambling and Social Responsibility
No Comment

RELATED BY