Gigantes dos jogos de fortuna azar desrespeitam as regras de publicidade para atingir os jovens usando sites populares entre estes.

' É necessária uma mudança urgente para impedir que esta indústria atropele a vida das pessoas.'

A Advertising Standards Authority diz que os gigantes do jogo estão a quebrar as regras.
A Watchdog encontrou cerca de 70 anúncios de apostas diferentes exibidos em sites juvenis.
A ASA disse que desta vez não nomearia e envergonharia as empresas ou tomaria medidas contra elas.

Os gigantes do jogo estão a quebrar as regras destinadas a proteger os jovens ao fazer marketing em sites populares entre estes.

O problema foi identificado numa varredura de sites e canais do YouTube com grande público jovem pela Advertising Standards Authority (ASA).

O watchdog descobriu que detetaram até 70 anúncios de apostas diferentes de quatro operadores de jogos de fortuna ou azar apareceram em apenas oito sites usados por jovens.

Todos eram culpados de violações do Código de Publicidade. No entanto, o ASA comunicou que não iria nomear e envergonhar as empresas ou tomar medidas contra elas nesta fase, apesar de prometer uma política de tolerância zero. Em vez disso, está a comunicar às empresas envolvidas para corrigirem o sucedido.

Apenas as violações repetidas das regras irão desencadear ações para uma vergonha pública das empresas.

O problema foi descoberto depois de uma varredura no estilo CCTV de sites e canais do YouTube durante um período de três meses.

Guy Parker, do watchdog, disse: ‘A ASA está a usar tecnologia para monitorizar anúncios online de forma proativa para ajudar a construir uma cultura de tolerância zero para anúncios com restrição de idade que aparecem em sites destinados a jovens.

Esperamos que os anunciantes e as partes contratadas usem as ferramentas sofisticadas disponíveis para direcionar os seus anúncios de forma responsável.

A campanha Stop the Gambling Predators do Daily Mail continua a pedir maior proteção aos viciados em jogos de fortuna ou azar e destacou repetidamente as falhas dentro da indústria altamente lucrativa.

No verão passado, a ASA proibiu quatro anúncios de jogos de fortuna ou azar que estavam a ser exibidos no aplicativo de smartphone Looney Tunes World of Mayhem apresentando personagens de desenhos animados.

Em junho, um grupo multipartidário de mais de 50 deputados e colegas pediu a proibição de todas as formas de anúncios de jogos de fortuna ou azar. A deputada trabalhista Carolyn Harris, que liderou o grupo, disse: ‘ É necessária uma mudança urgente para impedir que esta indústria atropele a vida das pessoas.’

Observatório do Jogo Responsável – Portugal

Categories
GAMBLING NEWS (PT)Observatório NewsPortugal Gambling News (PT)

RG MAGAZINE Gambling and Social Responsibility
No Comment

RELATED BY