Dezenas de milhares de funcionários dos casinos em Las Vegas aprovam greve

A 31 de maio, à meia-noite, expiram os contratos de 50 mil trabalhadores

A 31 de maio, à meia-noite, expiram os contratos de 50 mil trabalhadores

Dezenas de milhares de funcionários dos casinos em Las Vegas aprovaram, na terça-feira, a realização de uma greve, em qualquer data, a partir de 1 de junho.

A maioria dos membros do sindicato União Culinária votou a favor de uma greve para forçar as negociações de novos contratos de 50.000 trabalhadores que vão expirar à meia-noite de 31 de maio.

As negociações para evitar uma paralisação, que prejudicar casinos e ‘resorts’ da cidade, prosseguem desde em fevereiro, mas os sindicatos e os operadores de Las Vegas não chegaram a acordo.

Como resposta e demonstração de força, cerca de 25 mil empregados de bar, de limpeza e outros trabalhadores da área de hotelaria e restauração de 34 casinos e ‘resorts’ exerceram o direito de voto, dando autorização ao sindicato para organizar uma greve, a qualquer momento.

De acordo com os analistas, uma possível greve pode causar mais danos nas operadoras de jogo MGM Resorts International e Caesars Entertainment. Ambas as empresas já afirmaram estarem confiantes na assinatura de um acordo com os sindicatos, em benefício de todas as partes.

A MGM Resorts International tem como subsidiária a MGM China que opera uma licença de jogo em Macau

A última greve em Las Vegas durou 67 dias há mais de três décadas e custou à cidade e aos trabalhadores vários milhões de dólares.

Fonte: Diário de Notícias

 

VISITE OS NOSSOS SÍTIOScurved_arrow-512
REDE DE RESPONSABILIDADE SOCIAL                                       JOGO EXCESSIVO                                                                                                      FRAUDE DESPORTIVA

    

Categories
GAMBLING NEWS (PT)World Gambling News (PT)

RG MAGAZINE Gambling and Social Responsibility
No Comment

RELATED BY